AGRONEGÓCIO ONIPRESENTE

Nestes tempos difíceis, ao invés de lamentar, preferimos transformar a dificuldade em oportunidade, da crise, em CRIE. É verdade que não é uma tarefa tão simples fazer acontecer seja uma singela ideia sair do papel ou um projeto ousado, um empreendimento inovador ser colocado em prática, mas como vivencio isso há mais de 20 anos, a inspiração vem mesmo dessa gente da terra que é capaz, desse povo que tem amor ao que faz, que planta e colhe os frutos da terra.

Por isso nosso slogan é Agronegócio Ativo, porque o Agro é uma atividade que não pára nunca. É essa Agroatividade que faz chegar todos os dias a fartura do prato, o nosso tradicional arroz com feijão, a fruta e o leite no copo, os benditos grãos de todas as manhãs transformados em pão e café, a suculenta carne que nos dá água na boca e desperta o apetite. O Agronegócio onipresente.

Quer vocação maior do que esta? Contar com uma atividade que é multiplicadora e vital mantenedora para nossas vidas e famílias, então, é naturalmente justo e inspirador, trabalhar e produzir conteúdos jornalísticos impressos ou em vídeos, em nome do talento, da vocação, da dedicação e do conhecimento de profissionais, trabalhadores, familiares, produtores, pesquisadores, estudiosos, técnicos, empreendedores, atuantes na lida dentro e fora da porteira durante os 365 dias.

Aliás, expresso aqui uma breve homenagem. Teve um dia embaixo desse sol que um menino em sua tenra idade, fez de uma aparente brincadeira, o seu primeiro trabalho junto à roça. Por um bom tempo não houve orgulho maior para aquele menino ao ajudar a família a preservar as sementes que já espalhadas na terra eram a todo tempo o alvo predileto de passarinhos que vinham famintos, dispostos a ciscar sobre os montículos enfileirados no talhão.

Esse era o trabalho do menino, espantar os  insistentes passarinhos, ávidos em querer roubar o maior tesouro escondido sob as covas: sementes! Era esse o trabalho do menino que desde muito cedo aprendeu os segredos e encantos da terra, e soube entender qual o significado do suor da terra transformado em sustento e talento.

Oito décadas depois, as mesmas mãos, agora trêmulas pelo efeito da soma do tempo, mas não menos quentes daquela época de jogar das pedras, com mais o relevo do calo marcado na carne pela ação da enxada, simbolizam hoje o quanto esse homem - foi um dia, um menino de hábitos simples que soube brincar e aprender a amar e a trabalhar pela terra.  (Homenagem ao meu pai que é sergipano e foi trabalhador rural até o início da sua mocidade).