Please reload

Clima quente e menor oferta sustentam preços da laranja

02/10/2020

 

O mercado de laranja in natura tem registrado bom escoamento nesta semana, influenciado pelas altas temperaturas. De acordo com informações do Cepea, esse cenário e a menor oferta de frutas de qualidade (devido ao baixo volume de chuva) sustentaram os preços da pera.

Na parcial da semana (de segunda a quinta-feira), a fruta teve média de R$ 34,27/cx de 40,8 kg, na árvore, leve valorização de 0,5% em relação à semana passada. No caso da lima ácida tahiti, as oscilações diárias continuam, mas as baixas têm prevalecido nos últimos dias.

O volume de frutas com o padrão demandado pelo mercado in natura é restrito, já que a maioria está murcha e miúda, tendo em vista o baixo volume pluviométrico. Na parcial da semana, a tahiti teve média de R$ 59,38/cx de 27 kg, colhida, recuo de 7,3% em relação à anterior. Com a nova queda, os preços estão, depois de alguns meses, inferiores aos do mesmo período do ano passado, em termos nominais. 

 

Please reload

Agroatividade 2016 - Agronegócio Ativo