Please reload

BCE pode adequar política monetária a combate à mudança climática

17/07/2020

 

O Banco Central Europeu (BCE) precisa assumir um papel no combate à mudança climática e pode adequar a política monetária para alimentar uma economia mais verde, disse nesta sexta-feira Isabel Schnabel, membro da diretoria. O Banco Europeu está comprando bilhões de euros em dívida para manter os custos de empréstimos baixos, mas tem sido criticado já que a maior parte do dinheiro vai para poluidores como empresas de petróleo e gás.

 

O banco central argumenta há tempos que favorecer ou punir setores específicos atravessaria o âmbito da política, além de seu mandato, e que deve continuar sendo neutro em relação ao mercado. Mas Schnabel, chefe de operações de mercado do BCE, afirmou que há espaço para o BCE agir, mesmo que algumas opções sobre a mesa sejam controversas.

 

“Por exemplo, podemos ligar a ilegibilidade de títulos para nossos programas de compras e como colateral em nossas operações de refinanciamento ao regime de transparência das empresas”, disse a executiva. “Aí o Eurosistema aceitaria apenas colaterais se puder avaliar completamente os riscos relacionados ao clima.”

 

Ela não mencionou a opção de direcionar as compras de títulos para ativos verdes, ideia que chamou de problemática no passado. Ainda assim, ela rejeitou a ideia de que questões climáticas estão além do mandato do BCE, argumentando que há ligação direta entre estabilidade de preços e mudança do clima.

Please reload

Agroatividade 2016 - Agronegócio Ativo