Please reload

Mato Grosso já vendeu 75,5% da safra atual de soja

10/03/2020

 

As vendas de soja, milho e algodão de Mato Grosso da safra atual e da colheita do ano que vem estão fortes, acima da média histórica para o período, com produtores aproveitando a valorização do dólar para fechar negócios, informou nesta segunda-feira levantamento mensal do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). Os negócios da safra atual de soja (2019/20), que está sendo colhida, atingiram 75,48% da expectativa de produção, alta mensal de 7,53 pontos percentuais, versus cerca de 60% da média de cinco anos para o período. Além do câmbio, a necessidade de caixa de cumprir compromissos financeiros também influenciou nas vendas no último mês, observou o superintendente do Imea, Daniel Latorraca.

 

“Conjunturalmente, o câmbio é um fator que explica bastante neste sentido, mas em fevereiro temos um fator sazonal também, os produtores em março e abril têm parcelas vencendo, eles precisam de caixa para pagar as dívidas de custeio, eventualmente parcelas de máquinas ou investimentos em silos, enfim qualquer tipo de investimento”, destacou Latorraca.

Ele admitiu se o preço em reais sobe pelo dólar aumenta a velocidade da comercialização, mas ponderou que no caso o câmbio não é a única explicação para o andamento das negociações.

 

Já a comercialização da safra de soja de Mato Grosso 2020/21, que será colhida apenas em 2021, avançou para 20,27% da expectativa de produção, aumento de 7 pontos percentuais na comparação mensal, e 17,82 pontos percentuais à frente do registrado na mesma época do ano passado e acima da média histórica para a época. “O produtor começa a se preparar para a próxima safra... tem um pouco mais de incertezas, o preço em dólar não está tão positivo como estava, e o próprio dólar alto, para quem compra insumos, talvez não faça muito sentido”, comentou ele, lembrando que a moeda norte-americana também eleva custos de insumos, muitos deles dolarizados.

 

Ainda assim, o Imea —órgão ligado aos agricultores no maior produtor de grãos e oleaginosas do Brasil— registrou atípicas vendas da safra de milho do Estado para a temporada futura, que será colhida em meados do ano que vem, com o total de negócios para 2020/21 somando 15,17% da expectativa de produção. A maioria dos acordos foi realizada no último mês. A comercialização da safra de milho de Mato Grosso 2019/20 atingiu 73,40% da expectativa de produção, crescimento de cerca de 9 pontos percentuais na comparação mensal, enquanto na média histórica para o período gira em torno de 50%.

 

A venda da safra de algodão de Mato Grosso 2020/21 avançou para 27,57% da expectativa de produção, alta de 3,86 pontos percentuais na comparação mensal. Já a negociação da pluma da temporada 2019/20 cresceu para 75,69% da expectativa de produção, alta de 1,35 ponto percentual na comparação mensal.

Please reload

Agroatividade 2016 - Agronegócio Ativo