Please reload

Citros: Chuva reduz comercialização; preços variam conforme qualidade

24/01/2020

 

As chuvas registradas nas principais regiões citrícolas do estado de São Paulo estão dificultando as atividades de campo e a comercialização de cítricos. Além disso, segundo colaboradores do Cepea, a disponibilidade de laranjas de boa qualidade está bastante reduzida, resultando em grandes variações nos preços pagos pela fruta no mercado de mesa.

No caso da pera rio, enquanto as laranjas de menor qualidade têm remuneração ao redor de R$ 27,00/cx, as frutas selecionadas chegam a ser vendidas acima de R$ 35,00. Assim, na parcial desta semana (de segunda a quinta-feira), a pera registrou média de R$ 30,77/cx de 40,8 kg, na árvore, alta de 3,4% frente à da semana passada.

Para a lima ácida tahiti, os valores seguem em baixos patamares, devido ao pico de safra no estado de São Paulo. Nesta semana, a média parcial da tahiti foi de R$ 12,84/cx de 27 kg, colhida, aumento de 2% em relação à anterior – os preços foram sustentados pelo maior ritmo de moagem nas indústrias e pela redução da colheita em algumas praças, em decorrência das chuvas. 

 

Please reload