Please reload

Etanol: Indicadores sobem pela quinta semana consecutiva

22/10/2019

 

A forte demanda na ponta varejista, devido à relação de preços nos postos bastante favorável ao etanol frente ao combustível fóssil, considerando-se o diferencial de rendimento energético, tem mantido os preços dos etanóis em alta em São Paulo – essa foi a quinta semana seguida de aumentos.

Entre 14 e 18 de outubro, o Indicador Cepea/Esalq do etanol hidratado (preço ao produtor) fechou a R$ 1,8036/litro (sem Icms e sem PIS/Cofins), pequena elevação de 0,18% em relação ao da semana anterior. O Indicador Cepea/Esalq do anidro foi de R$ 1,9839/litro (sem PIS/Cofins), alta de 0,95% no mesmo período.

Segundo a ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), a relação entre os preços dos dois combustíveis apresenta média de 64,5% nesta safra 2019/20 (de abril até a semana passada).

 

Açúcar

 

 As cotações do açúcar cristal seguem firmes no mercado spot do estado de São Paulo. De 14 a 18 outubro, a média do Indicador Cepea/Esalq, cor Icumsa de 130 a 180, mercado paulista, foi de R$ 65,09/saca de 50 kg, alta de 0,47% em relação à média entre 7 e 11 de outubro (R$ 64,79/saca de 50 kg).

 

Segundo pesquisadores do Cepea, agentes de usinas continuaram restringindo as quantidades ofertadas para pronta entrega. Compradores que têm recebido o açúcar predominantemente por meio dos contratos, por sua vez, permaneceram fora do mercado spot.

Please reload

Agroatividade 2016 - Agronegócio Ativo