Please reload

Soja: Movimento de alta é interrompido

24/06/2019

 

Os preços da soja em grão estavam em alta na semana passada, mas recuaram na sexta-feira, 21, segundo dados do Cepea. A baixa, de acordo com pesquisadores, veio das desvalorizações do dólar e da queda nos contratos futuros na CME Group (Bolsa de Chicago), cenário que reduziu a liquidez interna.

 

Entre 14 e 21 de junho, o Indicador Esalq/BM&FBovespa da soja Paranaguá (PR) recuou 1,45%, a R$ 81,53/saca de 60 kg nessa sexta-feira, 21. No mesmo comparativo, o Indicador Cepea/Esalq Paraná registrou queda de 2,45%, a R$ 75,77/sc de 60 kg no dia 21. O dólar se desvalorizou 1,88% em sete dias, a R$ 3,82 na última sexta-feira. 

 

Milho segue valorizado

 

Os valores do milho continuam subindo na maior parte das regiões acompanhadas pelo Cepea, devido ao bom ritmo dos embarques nacionais do cereal. A elevação tem sido observada mesmo com o avanço da colheita.

 

O Indicador Esalq/BM&FBovespa (Campinas/SP) registrou alta de 0,73% de 14 a 21 de junho, fechando a R$ 38,58/saca de 60 kg na sexta-feira, 21. Quanto às exportações, nos primeiros 10 dias úteis deste mês, o Brasil vendeu 173,2 mil toneladas de milho ao mercado internacional, volume 21,3% superior ao embarcado em todo o mês de junho de 2018.

 

Na parcial da safra (de fevereiro/19 a junho/19), as exportações somam 4,2 milhões de toneladas, praticamente o dobro do volume embarcado no mesmo período do ano passado, segundo dados do Secex.

Please reload

Agroatividade 2016 - Agronegócio Ativo