Please reload

SP: Frente Parlamentar da Agropecuária volta a debater zoneamento agrícola

03/05/2019

 

O Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc) foi um dos destaques da pauta da reunião que a Frente Parlamentar da Agropecuária (PFA) do Congresso Nacional realizou nesta última quinta-feira (2), em Ribeirão Preto (SP), durante a 26ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação (Agrishow).

 

O pesquisador da Embrapa Informática Agropecuária (Campinas, SP) Eduardo Monteiro, presidente do Comitê Gestor do Zarc, apresentou dados de um estudo recente coordenado pelo Banco Mundial, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e Embrapa no qual é demonstrado que o Brasil perde R$ 11 bilhões por ano devido a riscos extremos.

 

“É papel da Embrapa produzir informação de qualidade, especialmente sobre quantificação do risco”, disse Monteiro, ao demonstrar que, para cada R$ 1 real aplicado no ZARC, a sociedade brasileira tem R$ 122,00 de retorno, em ações que envolvem 31 Centros de Pesquisa da Empresa, além de outros parceiros.

 

O deputado federal Alceu Moreira (MDB/RS), presidente da FPA, disse que pretende realizar uma oficina técnica entre os parlamentares envolvidos com o tema, Eduardo Monteiro e a equipe do ZARC para subsidiar a ação da Frente Parlamentar nesse tema.


A reunião, articulada pelo deputado federal Arnaldo Jardim (Cidadania/SP), além de parlamentares de São Paulo, contou com representantes de Minas Gerais, Espírito Santo, Santa Catarina e Maranhão. A FPA já agendou uma nova reunião itinerante, desta vez para Campinas, no dia 30, quando os deputados deverão visitar a Embrapa Informática Agropecuária e a Embrapa Territorial.

 

Na avaliação da analista Cynthia Cury, da Secretaria de Inteligência e Relações Estratégicas (SIRE), “tivemos uma excelente oportunidade, pois a FPA discutiu temas de alta relevância como seguro rural, licenciamento ambiental e o código florestal, mas abriu espaço para que a Embrapa mostrasse como o conhecimento gerado nas pesquisas pode contribuir com as políticas públicas. E ainda, após a reunião, os parlamentares visitaram o estande e conheceram, de perto, nossas soluções tecnológicas”.

Please reload

Agroatividade 2016 - Agronegócio Ativo