Please reload

Marcos Pontes toma posse no Consad da Embrapa

04/04/2019

 

Pela primeira vez, um ministro de Estado vai atuar como integrante do Conselho de Administração da Embrapa (Consad), participando das decisões relacionadas à Empresa e a sua atuação no cenário da pesquisa agropecuária nacional. 

 

Na tarde desta quinta-feira (04 de abril) tomou posse, na 168ª reunião do conselho, o atual ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, com a missão, segundo ele, de contribuir com o encaminhamento dos desafios da Embrapa e com o setor agrícola brasileiro.

 

“Gostaria de agradecer e começar dizendo por que eu estou aqui”, disse ele, perante os demais conselheiros e a diretoria da Empresa. “Meu papel é conectar o ministério e colocá-lo como uma ferramenta para auxiliar a Embrapa a ser cada vez mais protagonista da agricultura no planeta”, afirmou, referindo-se à importância da tecnologia para que a pesquisa possa se desenvolver ainda mais e superar os desafios e as necessidades que se apresentam no cenário da agropecuária.

 

Segundo ele, será uma prioridade ajudar nessa conexão. “Da maneira como estruturamos o ministério, nossa intenção é que ele realmente seja uma ferramenta prática para se chegar a produtos, serviços, novas empresas com base tecnológica”, comentou.

 

“Se conseguirmos nos aproximar o suficiente e levar as informações que ajudem  na regulamentação na área de ciência e tecnologia e políticas públicas do país, com o apoio da estrutura do ministério, laboratórios de base, laboratórios estruturantes, universidades e tudo o que a gente puder conectar, o trabalho da Embrapa será potencializado e eu estou aqui pra isso”, garantiu.

 

O ministro - que comentou preferir ser chamado pelo nome e não pelo cargo, assim como os demais conselheiros - lembrou acompanhar o trabalho da Empresa há muitos anos, destacando inclusive o experimento da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, em 2006, quando foi avaliada por ele, pela primeira vez, a germinação de sementes de Gonçalo Alves, árvore nativa do cerrado, na Estação Especial Internacional.  

 

Marcos Pontes foi saudado pelos conselheiros do Consad  e pelo presidente da Embrapa, Sebastião Barbosa, que reafirmou a importância de ter a Empresa alinhada ao Governo Federal. “Estamos aqui para atender ao setor agrícola brasileiro, tanto o agronegócio quanto agricultura familiar de base”, disse.

Please reload