Please reload

Soja: Consultoria projeta totalização de 113 milhões de toneladas na safra 2018/19

01/03/2019

 

A safra de soja 2018/19 do Brasil deverá totalizar 113 milhões de toneladas, projetou nesta sexta-feira a INTL FCStone, em um aumento ante a previsão anterior, de 112,2 milhões, conforme rendimentos melhores do que o esperado são registrados em algumas áreas do país. Ainda assim, a produção nacional de soja seria 5,2 por cento inferior ao recorde de 2017/18 e a mais baixa em três anos, já que em 2016/17 o Brasil colheu cerca de 114 milhões de toneladas.

 

“Com o avanço da colheita, têm sido observados resultados variados e a produtividade da soja em algumas regiões tem surpreendido, como nos lotes de ciclo mais tardio no Mato Grosso”, destacou a consultoria em relatório.

 

“Destaque para o Rio Grande do Sul, onde a colheita ainda está muito no início, mas as expectativas estão excelentes, com o Estado devendo colher uma safra próxima do recorde, estimada atualmente em 18,5 milhões de toneladas”, disse a INTL FCStone, acrescentando que, com isso, os gaúchos devem mesmo ultrapassar os paranaenses e ocupar a vice-liderança em produção nacional.

 

O Paraná foi muito castigado pelo tempo adverso entre janeiro e dezembro. Mato Grosso do Sul e partes de Goiás e Mato Grosso também foram, o que deve impedir o país de colher um volume histórico de soja apesar de um plantio recorde, estimado pela INTL FCStone em 36 milhões de hectares.

 

Nesse cenário de revisão para cima na produção, a consultoria disse que o Brasil, maior exportador mundial de soja, deve embarcar 68,7 milhões de toneladas da oleaginosa em 2018/19, ligeiramente acima dos 68 milhões considerados em fevereiro, mas bem aquém dos quase 84 milhões do ano passado.

 

MILHOA INTL FCStone estimou que os produtores brasileiros vão colher 65,8 milhões de toneladas de milho na segunda safra 2018/19, avanço ante os 64,9 milhões da previsão de fevereiro e bem acima dos 53,9 milhões de 2017/18.

 

“O clima, que foi mais chuvoso em fevereiro e favoreceu o desenvolvimento inicial das lavouras, deve continuar sendo acompanhado nos próximos meses”, afirmou a consultoria.Com a revisão na chamada “safrinha”, em processo de plantio, a consultoria prevê produção total de milho do Brasil em 2018/19 de 93,8 milhões de toneladas.

 

Para a primeira safra, em colheita, houve pouco ajuste, e a consultoria prevê um volume de 27,9 milhões de toneladas. A INTL FCStone projeta exportações de 32 milhões de toneladas de milho em 2018/19, estável ante a previsão anterior e acima dos 24,7 milhões do ciclo passado.

Please reload

Agroatividade 2016 - Agronegócio Ativo