Please reload

FAO: Ações conjuntas vão otimizar recursos do Fundo Verde do Clima

15/02/2019

 

O presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), João Martins, reuniu-se com o novo representante da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) no Brasil, Rafael Zavala, na quinta (14), em Brasília.

 

O encontro serviu para discutir ações conjuntas entre as duas entidades. Uma delas, próxima de ser firmada, é um convênio com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) para oferecer Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) na região do semiárido, por meio de recursos do Fundo Verde do Clima. “A FAO tem tido uma boa relação com a gente e tenho certeza que podemos desenvolver muito mais do que já estamos fazendo”, disse João Martins.

 

Outras parcerias destacadas entre o Sistema CNA/Senar e a FAO foram o Projeto de Recuperação de Áreas Degradadas na Amazônia (Pradam), missões técnicas e o lançamento do livro “Agricultura Irrigada Sustentável no Brasil: Identificação de Áreas Prioritárias”. “A FAO trabalha com os países para fortalecer as instituições de todo o setor da agricultura e queremos fazer uma aliança estratégica com a CNA e o Senar”, afirmou Zavala. 

 

O diretor-geral do Senar, Daniel Carrara, destacou que a ATeG é a área da entidade que mais interage com a FAO atualmente e que esse serviço pode ser o diferencial para o aumento da produção de alimentos no Brasil. 

 

“A nossa metodologia foca na transferência de tecnologia com renda para os produtores rurais. Hoje, temos 100 mil produtores em assistência técnica. A nossa meta, para os próximos três anos, é chegar a 400 mil produtores e, para isso, estamos em busca de parcerias diversas”, declarou.

Please reload

Agroatividade 2016 - Agronegócio Ativo