Please reload

Soja: Evolução constante e sustentável faz MS projetar produção de 10 mi/t

22/11/2018

 

“Como comprovação de uma evolução constante e sustentável, a produção de soja no Estado deve alcançar a marca de 10 milhões de toneladas na safra 2018/19, reflexo do perfil empreendedor do produtor rural sul-mato-grossense”.

 

A afirmação foi feita pelo presidente do Sistema Famasul – Federação da Agricultura e Pecuária de MS, Mauricio Saito, durante a abertura do Seminário Soja Plus, realizada nessa quarta-feira (21), na sede da instituição.

Saito reforçou a adesão do setor produtivo ao conhecimento científico, associado ao uso de tecnologias. “Um estudo do pesquisador da Embrapa Gado de Corte, Fernando Lamas, revela que na agricultura a influência do uso de tecnologias no aumento da produção de grãos atinge 70% das lavouras”.

Na abertura do seminário, o presidente da Federação afirmou que o Soja Plus é uma iniciativa de extrema relevância ao produtor de Mato Grosso do Sul e iniciou em 2014 e já atinge 52 municípios. “Nos quatro anos de Soja Plus,  636  propriedades  com  área  equivalente  a  580  mil  hectares  de  soja  receberam  visitas  técnicas”.  

O vice-presidente da Aiba – Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia, Moisés Schmidt, salientou: “A Bahia começou sua exploração agrícola em 1980. De lá para cá, o produtor que está na frente, em relação à inovação e tecnologia, conseguiu ficar no mercado”.

O evento contou com a presença de aproximadamente 60 pessoas, entre produtores rurais, estudantes e técnicos do setor, além de lideranças do setor produtivo. 

O presidente da Aprosoja/MS, Juliano Schmaedecke, falou sobre a importância do Soja Plus. “O programa é um orgulho para o produtor sul-mato-grossense”, salientou o representante da instituição que anunciou os dados consolidados do plantio de soja 2018/19:

 

"Aproveitamos a oportunidade para dar como encerrado o plantio da safra de soja de Mato Grosso do Sul em 2018. Tivemos um crescimento de 4% de área, há cinco anos seguimos essa média de crescimento, entre 4% e 6%. E o melhor: sem supressão do Cerrado, apenas em cima de áreas de pastagens, de recuperação e de integração lavoura-pecuária, o que traz sustentabilidade à produção de soja em MS", destaca o presidente da Aprosoja/MS ao anunciar os 2,84 milhões de hectares plantados na atual safra de soja.

Na premiação do Soja Plus, o produtor rural de Costa Rica, Walter Schlatter, ficou em primeiro lugar; em segundo, o agricultor de Chapadão do Sul, Adriano Loeff. Em terceiro lugar, o produtor rural de Terenos/MS, Renato Duch.

Please reload