Please reload

Suínos: Recuo de oferta para abate mantém preços estáveis

11/10/2018

 

Na maior parte das regiões acompanhas pelo Cepea, os preços do suíno vivo se mantiveram praticamente estáveis no mercado independente na última semana. De acordo com agentes do setor, a menor oferta de animais para abate tem garantido a sustentação das cotações.

Na região SP-5 (Bragança Paulista, Campinas, Piracicaba, São Paulo e Sorocaba), o suíno vivo foi negociado a R$ 3,82/kg na quarta (10), avanço de 0,4% em relação à quarta anterior, 3.

No Oeste Catarinense (SC), por sua vez, o animal se valorizou ligeiro 0,1% no mesmo período, comercializado a R$ 3,48/kg. A expectativa é que os preços se mantenham firmes nos próximos meses, reflexo do bom desempenho das exportações e do típico aquecimento da demanda em período de final de ano.

 

Frango

 

 Os preços do frango congelado estão em alta no atacado da Grande São Paulo, de acordo com levantamento do Cepea. A proximidade com o feriado desta sexta-feira (12), fez com que diversos agentes antecipassem os negócios da proteína, o que contribuiu para a elevação dos preços.

 

Além disso, a oferta mais restrita de animais para abate e a demanda aquecida nos mercados interno e externo têm resultado nesse cenário.Quanto às exportações, na primeira semana de outubro, os embarques de carne de frango in natura mantiveram o ritmo observado ao longo de setembro, segundo o relatório parcial da Secex.

 

Nos cinco primeiros dias úteis do mês, foram embarcadas 87,7 mil toneladas da proteína, com média diária de 17,5 mil t, 0,6% menor que a de setembro; porém, com elevação de 9,8% frente a outubro/17.

Please reload