Please reload

Entidades e Produtores vão criar base de dados meteorológicos no Oeste da Bahia

08/02/2018

 

A Embrapa Territorial, o Climatempo e associações de produtores estão desenhando a criação de uma base dados meteorológicos unificada para o Oeste da Bahia. Em dezembro, os pesquisadores Janice Leivas e Paulo Barroso estiveram em Barreiras e Luís Eduardo Magalhães, naquele estado, discutindo o trabalho com os técnicos do Climatempo José Rodrigo de Castro e Patrícia Madeira, além de profissionais da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) e da Associação dos Agricultores Irrigantes da Bahia (Aiba).

 

A região possui um número expressivo de estações meteorológicas em fazendas, mas há pouca integração dos dados. Por isso, o primeiro objetivo da equipe será criar uma rede de estações meteorológicas, interligando as já existentes e criando novas, onde necessário. Está em projeto também oferecer aos produtores previsão do tempo com precisão de três quilômetros bem como informações qualificadas a partir do cruzamento de dados meteorológicos com imagens de satélite.

 

Foi a primeira reunião de diagnóstico para conhecer a estrutura disponível, mas Barroso tem a expectativa de estabelecer uma parceria de longo prazo para trabalhos na região. Além da equipe do Climatempo, participaram das reuniões: Lidervan Mota, diretor-executivo da Abapa, Luiz Stahlke, assessor de agronegócios da Aiba, Ronei de Jesus Pereira, do Sindicato Rural de Luís Eduardo Magalhães, Sunny Aaron, do Sindicato Rural de Barreiras, e Júlio Cézar Bogiani, pesquisador da Embrapa Algodão.

Please reload

Agroatividade 2016 - Agronegócio Ativo