Please reload

Contratos açúcar bruto tem ligeira valorização após moagem fraca no Brasil

10/10/2017

 

Os contratos futuros do açúcar bruto para março na ICE subiram 0,17 centavo de dólar, ou 1,2 por cento, a 14,17 centavos de dólar por libra-peso nesta terça-feira, estendendo os ganhos intradia para 14,27 centavos de dólar após dados mostrarem que o Brasil moeu menos cana do que o esperado na segunda metade de setembro.

 

A região centro-sul do Brasil moeu 40,309 milhões de toneladas de cana-de-açúcar e produziu 2,848 milhões de toneladas de açúcar. “Com a safra agora 80 por cento colhida, os dias perdidos e a leve mudança de açúcar para etanol são menos importantes do que o impacto das boas chuvas sobre a próxima safra”, disse a Agrillon Commodity Advisers em uma nota ao mercado.

 

O açúcar branco para dezembro fechou em alta de 1,10 dólar, ou 0,3 por cento, a 372,80 dólares por tonelada.

 

O café arábica para dezembro fechou em alta de 0,05 centavo de dólar, ou 0,04 por cento, a 1,31 dólar por libra-peso, após alcançar uma máxima de duas semanas a 1,3270 dólar. 

 

Os preços caíram pela primeira vez em quatro sessões, com operadores dizendo que as preocupações sobre a safra brasileira haviam sido precificadas pelo mercado, embora a chuva ainda fosse necessária para garantir a polinização. O café robusta para novembro fechou em alta de 4 dólares, ou 0,2 por cento, a 2.007 dólares por tonelada.

 

Café Verde

 

As exportações de café verde pelo Brasil caíram 24,2 por cento em setembro, para 2,04 milhões de sacas, ante 2,69 milhões de sacas em igual mês de 2016, segundo dados divulgados nesta terça-feira pelo Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé).

 

Do total de café verde embarcado no mês passado, 2,02 milhões de sacas foram de arábica (recuo de 24,2 por cento) e 22,3 mil sacas de robusta (queda de 26,9 por cento).

Please reload