Please reload

JBS vai criar unidade de fertilizantes para uso de resíduos orgânicos

22/08/2017

 

Após a tempestade enfrentada a partir do estouro da Operação Carne Fraca e o escândalo de corrupção com o governo Temer, a JBS dá os primeiros sinais de reação. A gigante da indústria de alimentos anunciou que vai investir mais de R$ 30 milhões para criar uma empresa de fertilizantes e ingressar no mercado agrícola.

 

A unidade de adubo, que fará parte da divisão JBS Novos Negócios, pretende utilizar como matéria-prima os resíduos orgânicos gerados na operação da JBS. A localização da nova fábrica ainda não foi anunciada, mas a expectativa é de que as operações sejam iniciadas dentro de um ano. 

 

“Seremos a primeira empresa de alimentos no Brasil a utilizar resíduos orgânicos gerados em nossas fábricas para produzir fertilizantes e, com isso, passaremos a atuar no mercado agrícola”, explica Nelson Dalcanale, presidente da JBS Novos Negócios.

 

Diretora do negócio,Susana Carvalho explica que o objetivo é “agregar alto valor aos fertilizantes. O produto poderá ser usado nas grandes culturas, como soja, milho, café e algodão, assim como em hortícolas e frutíferas”. 

 

De acordo com ela, “este novo negócio vai colaborar com a agricultura do país, pois, atualmente, cerca de 75% dos fertilizantes são importados. Além disso, os resíduos orgânicos gerados em nossas operações deixam de ser um custo para se transformar em receita”.

Please reload