• Cepea

Procura elevada impulsiona indicadores do etanol com força



Os preços dos etanóis hidratado e anidro voltaram a subir – e com força – no estado de São Paulo, impulsionados pela procura intensa por parte de distribuidoras, que adquiriram volumes expressivos dos biocombustíveis nos últimos dias. Segundo pesquisadores do Cepea, o volume de hidratado negociado entre 3 e 7 de maio foi 66% maior que o da semana anterior.


Além da demanda, a oferta também influenciou o comportamento das cotações, visto que as produções de açúcar e de etanol estão menores neste começo de moagem (35,8% no caso do adoçante e quase 26% no do biocombustível). Isso porque o número de unidades em produção ainda é baixo, e a qualidade da matéria-prima piorou, conforme relatório da Unica divulgado em 27 de abril.


Assim, de 3 a 7 de maio, o Indicador Cepea/Esalq do etanol hidratado fechou a R$ 2,9261/litro, forte alta de 10,05% frente ao anterior. No caso do etanol anidro, a elevação foi de 9,42% no mesmo comparativo, com o Indicador Cepea/Esalq fechando em R$ 3,3085/litro – acumulando quase dois meses de alta. Vale ressaltar que essas foram as maiores valorizações desde a semana de 15 a 19 de fevereiro.


Cotação do açúcar


Na primeira semana de maio, início do segundo mês oficial da safra 2021/22, os preços médios do cristal negociado no mercado spot do estado de São Paulo apresentaram nova alta, recuperando, inclusive, a vantagem sobre as exportações – nas três semanas anteriores, os preços externos operavam acima dos registrados no spot paulista.


Segundo cálculos do Cepea, de 3 a 7 de maio, a média semanal do Indicador de Açúcar Cristal Cepea/Esalq foi de R$ 113,89/sc de 50 kg, enquanto o vencimento Jul/21 (contrato nº 11) negociado na Bolsa de Nova York (ICE Futures) foi de R$ 111,33/sc.


Assim, o spot paulista remunerou 2,3% a mais que as vendas externas – para esse cálculo, foram considerados US$ 42,09/tonelada de fobização, US$ 48,55/t de prêmio de qualidade e R$ 5,3448 de dólar. Ressalta-se que, em termos nominais, os atuais patamares dos preços do cristal são os maiores de toda a série histórica do Indicador Cepea/Esalq.


Segundo colaboradores do Cepea, ainda que este momento seja de colheita de cana, a disponibilidade no spot é pequena, visto que usinas paulistas têm priorizado a entrega de contratos, tanto no mercado interno quanto no externo.