• Mapa

DF: Agricultura promove debates sobre inovações financeiras no agronegócio



O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) realizou nesta sexta-feira (16) uma reunião virtual para debater propostas de inovação nas áreas de crédito, seguro, logística e comercialização voltadas à agricultura familiar. Participaram da roda de conversas mais de 80 convidados dentre representantes de entidades representativas de agricultores familiares e de empresas de inovação financeira, além de investidores interessados em financiar tanto os agricultores familiares quanto as próprias empresas participantes.


Segundo o secretário-adjunto da Secretaria de Política Agrícola do Mapa, José Ângelo Mazzillo Jr. até o final de abril serão anunciadas as primeiras operações piloto de financiamento para a agricultura familiar com recursos 100% privados. “O crédito privado ainda é deficiente para agricultura familiar. Temos que aumentar a competitividade, as ofertas, as alternativas de fontes para beneficiar exclusivamente o produtor familiar sem deixar de lado os avanços registrados nas políticas públicas.”, declarou Mazzillo.


O caminho paralelo à política pública é uma luta antiga do setor, que encontra dificuldades em acessar o crédito oficial de forma justa. Foi o que explicou o produtor Marcos Pimentel, representante da Central Regional das Organizações da Agricultura Familiar (Ceaf). Nesse contexto, a ministra Tereza Cristina defende que, assim como a tecnologia proporcionou o aumento da produtividade da agropecuária, chegou a vez de o mesmo acontecer nas finanças e na governança dos empreendimentos rurais.


“Temos uma agricultura de ponta e precisamos que suas finanças acompanhem esse ritmo. Para isso contamos com soluções como as que as startups e agrofintechs estão desenvolvendo. Nosso foco é o de melhorarmos o ambiente de negócios e ver nosso agro acontecer na sua plenitude aproveitando-se plenamente seu potencial”, disse a ministra, em carta dirigida ao ecossistema de inovação financeira do agronegócio.


O vice-presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (Contag), Alberto Broch, definiu a oportunidade de discussões como “um novo momento para a agricultura familiar no Brasil”. Ele representa 27 federações e mais de 4 mil sindicatos, somando cerca de 8 milhões de filiados à Contag. “Estamos de braços abertos para acolher os investidores que quiserem caminhar conosco”, finalizou o presidente da Confederação Nacional de Agricultura Familiar do Brasil (Conaf), Gedir Ferreira.


Workshop


Outra ação que será realizada para incentivar a inovação no setor é o 2º Workshop de Inovação Financeira do Agro, no dia 27 de maio, em formato de um webinar aberto transmitido pelo YouTube. O objetivo é divulgar propostas inovadoras para facilitar a entrada do agronegócio brasileiro no mundo financeiro mais moderno.