• Safras e Mercado

Com rentabilidade positiva, confinamento bovino pode ser recorde em 2021



O gerente de categoria Confinamento da DSM, Marcos Baruselli, disse hoje que a expectativa é de que o setor de confinamento continue crescendo no Brasil em 2021.


“Embora ainda estejamos no início do ano, com uma rentabilidade positiva, é possível que a atividade alcance um novo recorde em 2021. O setor tem registrado um crescimento médio de 6% a 7% ao ano” comenta.


Em 2020, de acordo com o censo de confinamento feito pela DSM, o Brasil confinou 6,1 milhões de bovinos, volume 6% maior ante 2019, de 5,85 milhões de cabeças.