Buscar
  • MAPA

Pavilhão Brasil marca ineditismo de participação em feira de negócios na Tailândia


Pela primeira vez, os ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e das Relações Exteriores (MRE) participam da Thaifex - World Food Asia 2019, em Bangkok, na Tailândia. O evento, que termina nesta sexta-feira (31), tem como objetivo oferecer amplas oportunidades de contatos comerciais, negócios e abertura de mercados às empresas brasileiras, com o consequente aumento do fluxo de comércio entre o Brasil e o amplo mercado da Associação das Nações do Sudeste Asiático (ASEAN).


O Pavilhão Brasil, que foi planejado no formato de business lounge, isto é, um ponto de negócios de uso coletivo pelos expositores, conta com a participação de sete empresas brasileiras dos setores de carne enlatada, açaí, polpas de frutas amazônicas, biscoitos e própolis, entre outros.


Para promover a imagem do país, o Ministério da Agricultura elaborou um infográfico com dados atualizados sobre a sustentabilidade e inovação do agronegócio brasileiro, que está sendo distribuído aos visitantes, além de um catálogo com informações sobre todos os produtos e empresas brasileiras expositoras.


Em 2018, a feira recebeu mais de 2.500 expositores, entre nacionais e internacionais, oriundos de mais de 40 países. Cerca de 60 mil compradores estiveram presentes. O Fórum Econômico Mundial prevê que a comunidade de países pertencentes à ASEAN se tornará a 5ª maior economia mundial até 2020. Com mais de 60 milhões de domicílios nesses países, a previsão é que a renda dos cidadãos desse enorme mercado estará em níveis suficientes para se gerar uma demanda poderosa por bens de consumo. Em 2025, a previsão é de que esse número seja de 125 milhões de domicílios.


No ano passado, 77 empresas e entidades setoriais participaram das feiras organizadas pelo Mapa e promoveram mais de 300 produtos, gerando expectativa de US$ 187,2 milhões em novos negócios. O incentivo à participação do setor nas principais feiras internacionais é uma estratégia do Ministério da Agricultura para o incremento da participação do agronegócio brasileiro no mercado mundial.

0 visualização