Buscar
  • REUTERS

Soja: Pregão de Chicago bate mínimas de 10 anos por tensões comerciais entre EUA e China


Os contratos futuros da soja em Chicago despencaram para seus menores preços em mais de uma década nesta quinta-feira, à medida que operadores se preocupam com a possibilidade de as negociações comerciais decisivas entre Washington e Pequim não resultarem em um acordo. Os futuros de milho e trigo também caíram, conforme uma reunião comercial de dois dias entre Estados Unidos e China está agendada para começar.


O presidente dos EUA, Donald Trump, acusou a China de voltar atrás em compromissos com os quais havia concordado e prometeu impor novas tarifas sobre importações de produtos chineses a partir de sexta-feira. A China respondeu com ameaças de retaliação. “O mercado está precificando sob a perspectiva de um ‘não acordo’”, disse Matthew Wiegand, corretor da FuturesOne.


O contrato julho da soja registrou uma nova mínima de vencimento e fechou em queda de 2 por cento, a 8,1275 dólares por bushel. O contrato mais ativo alcançou seu menor valor desde dezembro de 2008. Já o trigo recuou 2,3 por cento, para 4,295 dólares/bushel, enquanto o milho cedeu 3,2 por cento e fechou a 3,5325 dólares/bushel.

0 visualização