Buscar
  • La Nacion Online

Grãos: Governo argentino projeta safra em torno de 145 milhões de toneladas


A Secretaria de Agroindústria do governo da Argentina estimou que a safra do país que está sendo colhida deve alcançar um recorde de 145 milhões de toneladas de grãos. Assim, a Secretaria também espera uma entrada de divisas de US$5,1 bilhão a mais do que no ano passado.


Em outubro de 2018, a pasta havia trazido uma projeção preliminar de 139,6 milhões de toneladas. Com 31% do milho e 30% da soja colhidos, a Agroindustria subiu, em meio aos altos rendimentos que vinham sendo registrados, sua estimativa para o número atual, que também inclui trigo e outros cultivos.


Este número recorde supera as 112 milhões de toneladas do ano passado, afetadas pela seca e a anterior, de duas campanhas atrás, de 137 milhões de toneladas. "O mérito é do produtor que perdeu US$9 bilhões por conta da seca e, não obstante, investiu US$12 bilhões no plantio", disse o secretário de Governo da Agroindústria, Luis Miguel Etchevehere. "Foi mérito do produtor e da cadeia", agregou.

0 visualização