• Agropauta

Cultivo de variedade de arroz dourado deverá ser aprovado por país asiático


O ministro da Agricultura de Bangladesh, Abdur Razzak, afirmou recentemente que o país está muito próximo de aprovar o comércio e a produção do arroz transgênico dourado, que promete combater a cegueira infantil.


O ministro fez esta declaração depois de uma reunião com o Instituto Internacional de Pesquisa do Arroz (IRRI). “O arroz dourado é mais importante que as outras variedades de arroz, já que será útil para combater a deficiência de vitamina A.


A variedade de arroz já está autorizada nos Estados Unidos, Canadá e Austrália. Um comitê do Ministério do Meio Ambiente concederá autorização para o arroz dourado para sua produção. Podemos começar a cultivar arroz em Bangladesh dentro de dois ou três meses depois de obter autorização do ministério”, disse o ministro.


Arroz dourado, provavelmente, um dos mais conhecidos e também uma das mais controversas culturas transgênicas foi geneticamente modificado, depois inserido um gene bacteriano e outro de milho, a fim de aumentar os níveis de pró-vitamina A no endosperma do grão.


A linha modificada que tem mostrado maior biofortificação e desempenho agronômico, conhecido como GR2E, tem o potencial de aliviar a deficiência de vitamina A nos países em desenvolvimento, especialmente na Ásia.


“As diferentes variedades de arroz disponíveis atualmente no mercado contêm pouca vitamina A e essa nova variedade de arroz ajudará a suprir a necessidade da vitamina. Mas a maioria das pessoas do nosso país vive com arroz, mas não consomem vegetais suficientes, então a demanda por vitamina A permanece descoberta. Quando o arroz [dourado] é produzido, a demanda por vitamina A será atendida ", disse Razzak.