Buscar
  • ASSESSORIA

Grande sustentáculo do comércio para o exterior é a agricultura brasileira


A balança comercial brasileira registrou saldo positivo recorde de US$ 67 bilhões em 2017. Isso comprova o papel fundamental da agricultura como o grande sustentáculo do comércio externo nacional, gerando superávits na balança. No Paraná, pelos índices de produtividade alcançados, o avanço foi ainda maior – um superávit de US$ 6,56 bilhões e crescimento de 61% em relação a 2016 –, até porque há uma grande diversidade, especialmente nos produtos de maior valor agregado, caso das carnes de aves e suínos.


Para o presidente do Sistema FAEP/SENAR-PR, Ágide Meneguette, o Paraná terá que se valer da tecnologia para avançar em produtividade e em diversidade, visto que o Estado está com sua fronteira agrícola praticamente ocupada. “Além dos problemas tecnológicos na produção, um dos gargalos mais sérios é a infraestrutura. Uma crescente produção rural continua sendo transportada em rodovias de pista simples e por uma ferrovia antiquada e embarcada num porto que precisa de investimentos com urgência”, diz.


Neste contexto, o Sistema FAEP/SENAR-PR tem exercido o papel de capacitar o produtor rural dentro da porteira para que ele esteja qualificado no uso da tecnologia e faça melhor gestão da propriedade. “Fora da propriedade apresentamos programas e ações de apoio e cobrança aos governos em busca de soluções efetivas que permitam que o agronegócio seja competitivo em relação aos outros países produtores”, comenta Meneguette.


O Sistema FAEP/SENAR-PR é um dos apoiadores institucionais da FeinaCoop - Feira Nacional do Agronegócio, Bioenergia e Cooperativas, que será realizada entre os dias 12 a 14 de junho, no Expoara Centro de Eventos, em Arapongas (PR), e que tem a proposta de fomentar negócios, gerar networking, estimular vendas e contribuir para a capacitação profissional. Estarão presentes no evento os principais representantes nacionais dos setores de multisserviços, agronegócio, bioenergia, transporte e logística.


“Como entidade sindical, a FAEP tem a representação legal dos produtores rurais e assim, defendemos qualquer iniciativa que fomente o setor, traga conhecimento e informação”, explica o presidente da entidade. “Dessa forma, apoiamos eventos que promovam a aproximação dos produtores e técnicos com pesquisadores aliado a apresentação de novas tecnologias que permitam maior rentabilidade ao produtor rural de forma sustentável”, conclui.

1 visualização