• ABIEC

Abiec realiza ação de promoção da carne brasileira em Dubai


De olho nas oportunidades de negócios e com o objetivo de promover a carne brasileira no mercado árabe, a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec) participa da 23ª edição da Gulfood, uma das principais feiras de alimentos e bebidas do mundo, que acontece em Dubai, nos Emirados Árabes, de 18 a 22 de fevereiro. A ação brasileira, que conta com apoio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), parceira da Abiec no projeto Brazilian Beef, contará com a presença de 21 empresas associadas - Agra, Barra Mansa, Cooperfrigu, Frigol, Frigosul, Frigotil, Frisa, Frivasa, Iguatemi, JBS, Mafripar, Marfrig, Masterboi, Mataboi, Minerva, Mondelli, Naturafrig, Oderich, Plena, Supremo e Xinguara. Mais uma vez, a Associação participa do evento, promovendo o tradicional churrasco brasileiro aos visitantes do mundo inteiro. Com a participação de mais de 5 mil expositores, provenientes de 120 países e recebendo cerca de 97 mil visitantes de 185 países, a feira é uma importante oportunidade para a realização de encontros de negócios em um mercado que tem apresentado números importantes. Em 2017 as exportações brasileiras para os países árabes somaram pouco mais de 405 mil toneladas, um incremento de 6,58% em relação a 2016.


Já em faturamento, as vendas cresceram 16,13% e fecharam em torno de US$ 1,6 bilhão. Os resultados representam 25% do faturamento total das exportações brasileiras de carne bovina e 26% do total embarcado no ano passado. "Essa feira é uma excelente oportunidade de estreitar o nosso relacionamento em um mercado importante, com potencial para ampliarmos negócios para a carne brasileira", afirma o presidente da Abiec, Antônio Jorge Camardelli. Essa será a segunda participação da Abiec em feiras internacionais neste ano. No início do mês, a Associação, junto das empresas Barra Mansa, Cooperfrigu, Frigol, Frisa, JBS, Marfrig e Mataboi, marcou presença na Prodexpo, que aconteceu de 5 a 9 de fevereiro, em Moscou, na Rússia.


Diante do fechamento do mercado russo para a carne brasileira, a avaliação é que a presença do Brasil no evento, que reuniu 2.342 empresas de 63 países, foi fundamental para ampliar a interlocução com aquele mercado, além de proporcionar uma série de discussões técnicas importantes. "Apesar de a parte comercial ser afetada, a participação nessa feira foi importante, pois permitiu negociações com outros mercados relevantes dessa região", avalia Camardelli.


Carne premium


Aproveitando o apetite crescente por carne premium dos países árabes, a Associação Brasileira de Angus também está em Dubai para participar da Gulfood 2018. A expectativa é prospectar novos negócios e abrir frentes de colocação dos cortes Angus certificados do Brasil em países como Emirados Árabes, Arábia Saudita e Líbano.


A região ganhou força nas exportações de carne Angus nos últimos dois anos, após as primeiras incursões da entidade na região e a reabertura do mercado saudita para a carne brasileira. A expansão foi tão rápida e consistente que a Arábia Saudita assumiu posto de destaque nos embarques de carne Angus em volume.