• ASSESSORIA

Exportação agro em 2017 é recorde e faturamento retoma crescimento


Após terem recuado em 2016 frente ao ano anterior, as exportações brasileiras do agronegócio se recuperaram e atingiram volume recorde em 2017, segundo indicam pesquisas do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP.


O impulso veio, principalmente, dos embarques de milho e de soja, que, por sua vez, foram favorecidos pela supersafra brasileira. Além dos grãos, as exportações de carne bovina também ajudaram no desempenho, mesmo em ano crítico para o setor.


Cálculos do Cepea mostram que, de janeiro a dezembro de 2017, comparativamente ao mesmo período de 2016, o volume exportado pelo agronegócio brasileiro aumentou 14% e os preços em dólares recebidos pelos exportadores do setor, 3,8%. Com isso, o faturamento em dólar do setor cresceu 12%, fechando em US$ 96 bilhões – em 2016, havia caído 3,6%.


Em Reais, o faturamento subiu 4%, devido à valorização da moeda nacional frente a dos principais parceiros comerciais do Brasil. Essa alta do Real, no entanto, reduziu a atratividade das vendas externas do agronegócio, em 3,3% no ano, mas o aumento dos preços em dólar compensou parte da perda com o câmbio.