• Secex

Embarques da soja brasileira somaram 656,2 mil t em novembro


As exportações de soja em grão do Brasil renderam US$ 252,8 milhões em novembro (6 dias úteis), com média diária de US$ 42,1 milhões. A quantidade total exportada pelo país no período chegou a 656,2 mil toneladas, com média diária de 109,4 mil toneladas.


O preço médio da tonelada ficou em US$ 385,20. Na comparação entre a média diária de dezembro e novembro, houve uma baixa de 3,4% no valor exportado e de 2,1% no volume embarcado. O preço teve alta de 1,2%. Na comparação com dezembro de 2016, houve elevação de 239,4% na receita, de 268,4% no volume e baixa de 7,9% no preço.


Volume recorde em Novembro


Soja em grãos, milho, algodão e carne bovina in natura foram destaques das exportações do agronegócio, em novembro, de acordo com a nota da Balança Comercial do Agronegócio divulgada na última sexta-feira (8) pela Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio (SRI) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Os dados mostram que as vendas externas do setor em novembro somaram US$ 7,08 bilhões.


Para o secretário da SRI, Odilson Ribeiro e Silva, "o desempenho das vendas externas do agronegócio no mês passado representaram 42,4% do valor total embarcado pelo país, alavancando positivamente o superávit do agronegócio, que totalizou quase US$ 6 bilhões. Mais uma vez, o agro mostra sua contribuição para a economia brasileira". Os embarques de soja em grãos alcançaram volume recorde para os meses de novembro, com 2,1 milhões de toneladas, ou 581% de aumento em relação ao mês do ano passado. Esse volume gerou receita de US$ 815 milhões (+530%).


O milho também foi destaque nas vendas externas em novembro, em quantidade e valor embarcado, totalizando 3,5 milhões de toneladas (+266%), com divisas de US$ 537 milhões (+243,5%). Outro produto relevante no setor das fibras e produtos têxteis foi o algodão com vendas de 156 mil toneladas, incremento de 69%. O valor embarcado ficou em US$ 252 milhões (+75%). Já a carne bovina in natura somou 116 mil toneladas (53,2%) nas exportações do mês, representando o recorde mensal de US$ 495 milhões (47,4%), de acordo a SRI.


Entre os principais blocos econômicos e regiões geográficas de destino das exportações brasileiras do agronegócio, a Ásia se destacou em novembro. Foram exportados para a região US$ 2,66 bilhões, alta de 40,5%. A China se manteve como principal país de destino das exportações brasileiras de produtos agropecuários, alcançando US$ 1,3 bilhão, incremento de 79%. A soja foi o principal produto agrícola exportado para a China, com US$ 694,1 milhões exportados.