• Climatempo

Clima colabora para aumento na produção de milho em Sergipe


Os produtores de milho do Sergipe registraram um crescimento considerável na safra 2017/2018. A produção foi 460% maior do que no ano passado. “O principal fator para essa alta foram as chuvas regulares ao longo de 2017 em todo o estado, que foram acima da média”, explica Esmeraldo Leal dos Santos, secretário de Agricultura do Sergipe.


O crescimento também foi impulsionado porque, em 2016, a safra sofreu uma queda muito grande, em decorrência de uma grave seca que atingiu a região. De acordo com o executivo, o estado conta com quatro principais polos que abastecem a região: Simão Dias, Carira, Frei Paulo e Nossa Senhora da Glória. A tradição de plantar milho localmente vem de muitos anos e garantiu a aptidão dos produtores. “Nós mantemos uma técnica muito aprimorada, usando bastante a tecnologia e a expertise da cultura do milho”, conta.


Os meses de novembro e dezembro não serão os mais chuvosos em Sergipe. “A chuva deve ficar dentro da normalidade no estado até o fim do ano”, afirma a meteorologista da Climatempo, Camila Ramos. No entanto, isso não deve prejudicar a produção do milho, uma vez que as safras já foram beneficiadas pelas precipitações ao longo do ano.