Buscar
  • Secex

Exportação de carne bovina atinge 119,1 mil toneladas em outubro


As exportações de carne bovina "in natura" do Brasil renderam US$ 503,2 milhões em outubro (21 dias úteis), com média diária de US$ 24 milhões. A quantidade total exportada pelo país chegou a 119,1 mil toneladas, com média diária de 5,7 mil toneladas.


O preço médio da tonelada ficou em US$ 4.225,80. Na comparação com setembro, houve ganho de 1,7% no valor médio diário da exportação, alta de 1,3% na quantidade média diária exportada e ganho de 0,3% no preço médio. Na comparação com outubro de 2016, houve avanço de 34,1% no valor médio diário, alta de 36% na quantidade média diária e baixa de 1,4% no preço médio.


Frango


Já as exportações de carne de frango "in natura" do Brasil renderam US$ 559,3 milhões em outubro (21 dias úteis), com média diária de US$ 26,6 milhões. A quantidade total exportada pelo país chegou a 335,2 mil toneladas, com média diária de 16 mil toneladas. O preço médio da tonelada ficou em US$ 1.668,40.


Na comparação com setembro, houve baixa de 6,3% no valor médio diário exportado, perda de 10,1% na quantidade média e valorização de 4,2% no preço médio. Em relação a outubro de 2016, houve alta de 24,4% no valor médio diário da exportação, ganho de 15,5% na quantidade média diária exportada e alta de 7,7% no preço médio.


Milho


E, por fim, as exportações de milho do Brasil apresentaram receita de US$ 774,5 milhões em outubro (21 dias úteis), com média diária de US$ 36,9 milhões. A quantidade total de milho exportada pelo país ficou em 5,028 milhões de toneladas, com média de 239,4 mil toneladas. O preço médio da tonelada ficou em US$ 154,00.


Na comparação com a média diária de setembro, houve uma retração de 19,4% no valor médio exportado, uma baixa de 19% na quantidade média diária e perda de 0,5% no preço médio. Na comparação com outubro de 2016, houve ganho de 287,2% no valor médio diário exportado, elevação de 334,6% na quantidade média diária e desvalorização de 10,9% no preço médio.