• Cepea

Cotação do etanol é impulsionada pela forte demanda


A demanda por etanol continua firme, com registros de grandes volumes negociados. Distribuidoras, que já haviam começado a se abastecer para atender à procura para o feriado de Finados, mantiveram o bom ritmo de compras entre 23 e 27 de outubro.


Nesse cenário, o Indicador CEPEA/ESALQ do etanol hidratado fechou com média de R$ 1,5721/litro (sem ICMS e sem PIS/Cofins) na última semana, aumento de 2,3% em relação ao período anterior. O Indicador CEPEA/ESALQ do etanol anidro, por sua vez, foi de R$ 1,6632/litro (sem PIS/Cofins), aumento de 2,36% na mesma comparação.


Açúcar


As cotações do açúcar cristal estão em alta desde o início deste mês no mercado paulista. De 23 a 30 de outubro, o Indicador CEPEA/ESALQ do açúcar cristal, cor Icumsa entre 130 e 180, registrou forte alta de 2,55%, fechando a segunda-feira, 30, a R$ 57,14/saca de 50 quilos.


Na semana passada, as chuvas voltaram a atrapalhar a colheita em algumas regiões produtoras do estado de São Paulo, fortalecendo o movimento altista dos preços. Além disso, a produção de açúcar divulgada pela Unica (União da Indústria de Cana-de-Açúcar) foi menor na primeira quinzena de outubro, o que também favorece as valorizações.