• Secex

Exportações de milho somam 2,94 milhões de toneladas em setembro


As exportações de milho pelo Brasil já superam no acumulado de setembro deste ano todo o volume embarcado pelo país em igual mês de 2016, segundo dados divulgados nesta segunda-feira pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex).


Até a 3ª semana de setembro de 2017, o que engloba 10 dias úteis, foram exportadas 2,941 milhões de toneladas da commodity, ante 2,913 milhões de toneladas em todo o mês de setembro do ano passado.


A média diária de embarques até agora é de 294,1 mil toneladas. Em setembro de 2016, esse número ficou em 138,7 mil toneladas. Os fortes embarques neste ano ocorrem após uma safra recorde do cereal.


No último dia 12, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estimou produção de 97,7 milhões de toneladas de milho na safra 2016/17, sendo 67,25 milhões de toneladas só na chamada “safrinha”, recém-colhida.


A expectativa é de que o Brasil exporte em 2017 um total de 32 milhões de toneladas de milho, conforme previsões da Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec).


Exportações de Frango


As exportações de carne de frango "in natura" do Brasil renderam US$ 286,6 milhões em setembro (10 dias úteis), com média diária de US$ 28,7 milhões. A quantidade total exportada pelo país chegou a 178,1 mil toneladas, com média diária de 17,8 mil toneladas.


O preço médio da tonelada ficou em US$ 1.609,30. Na comparação com agosto, houve alta de 6,4% no valor médio diário exportado, ganho de 7% na quantidade média e desvalorização de 0,6% no preço médio.


Em relação a setembro de 2016, houve alta de 5,9% no valor médio diário da exportação, ganho de 5,8% na quantidade média diária exportada e alta de 0,1% no preço médio.