• Agência

Presidente do BNDES ainda sonha em resgatar investimentos na JBS


O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Paulo Rabello de Castro, afirmou nesta quarta-feira em sua conta no Twitter que “chegou a hora” da instituição resgatar seus investimentos na empresa de alimentos JBS.


“Chegou a hora de o BNDES resgatar os investimentos de todos nós brasileiros na JBS”, afirmou Castro em sua conta no site de microblogs. O comentário foi feito horas depois que o presidente-executivo da JBS, Wesley Batista, foi preso pela Polícia Federal como consequência de investigação sobre insider trading.


O BNDES tem defendido a saída da família Batista do comando da JBS, onde o banco detém participação de cerca de 20 por cento. Delações premiadas dos irmãos Joesley e Wesley em maio envolveram o presidente Michel Temer em denúncias de corrupção. Depois disso, Temer nomeou Paulo Rabello de Castro para presidir o BNDES, após renúncia da ex-presidente Maria Silvia Marques.


Castro tem defendido publicamente a saída da família da gestão da JBS. Em 15 de agosto, o banco pediu abertura de processo de responsabilidade contra os Batista e outros ex-executivos da JBS por prejuízos causados à companhia.