• ASSESSORIA

Projeto 'O Brasil Pecuário acontece aqui' é lançado em Goiânia


A Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), a Associação Nacional da Pecuária Intensiva (Assocon), a Associação Goiana dos Criadores de Zebu (AGCZ), a Sociedade Goiana de Pecuária e Agricultura (SGPA) e o Fundo para o Desenvolvimento da Pecuária em Goiás (Fundepec-GO) lançaram, na sede da Federação, o projeto ‘O Brasil Pecuário acontece aqui’. Integram esta iniciativa, a edição de 10 anos da Interconf, realizada pela Assocon, nos dias 18 e 19 de setembro, e a Goiás Genética, promovida pela AGCZ, de 16 a 23 de setembro.


Segundo o presidente da Faeg, José Mário Schreiner, a ideia é fortalecer a pecuária brasileira. “Esta junção, somatória e sinergia, formada com o Goiás Genética e o Interconf, é uma parceria importante, que nos trará resultados significativos, com palestrantes de renomes, oferecendo o que nosso estado tem de melhor, que é o setor agropecuário”, pontua. Para Schreiner, o evento é uma oportunidade de tratar a pecuária de forma extremamente profissional. “É nosso dever destacar um setor que tem dados resultados para o nosso país. Nossa estimativa do valor bruto agropecuária, é de crescer mais de 4,5% ao ano. Ao passo que o PIB brasileiro está no 0,3%, puxados, sobretudo, para o setor agropecuário”, explica.


A proposta da realização, em conjunto, da Interconf e Goiás Genética, é de exatamente fortalecer a pecuária brasileira e mostrar a força do setor em todo o país. O projeto será realizado de 16 a 23 de setembro, no Parque de Exposições Pedro Ludovico Teixeira, na capital goiana, e discutirá diversos temas ligados ao ‘mundo da pecuária brasileira’. A organização é da Terraviva Eventos, com apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Goiás (Senar Goiás), Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae Goiás) e Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).


Expectativa


O presidente da AGCZ, Wagner Miranda, diz que a Goiás Genética é uma feira de biotecnologia diferenciada, criada há sete anos, para o melhoramento genético bovino. “A Expogenética, como assim denominamos, apresenta ao nosso público ferramentas zootécnicas para o melhoramento dos animais bovinos. Uma seleção de animais, com avaliação técnica, metodologias científicas integradas, agregando um crescimento de produtividade de características desejadas na pecuária, sobretudo na de corte. A ideia é mudar a história da produção de nossa pecuária dentro do país”, explica.


Esta é sétima edição do Goiás Genética, em Goiânia. O Interconf está em sua décima edição, um encontro internacional de confinadores, promovido pela Assocon, que tem sua sede em São Paulo. “Estes dois eventos juntos têm a capacidade de repercutir com um público qualificado, agregando numa semana só uma quantidade maior de produtores, palestrantes de vários locais do Brasil, tonando o evento muito mais grandioso. Isso integra nosso setor também com entidades representativas da cadeia de Pecuária de Corte, como a Faeg, a SGPA, o Fundepec e tantas outras que contribuem com o desenvolvimento do nosso setor”, destaca.


O gerente executivo da Assocon, Bruno Andrade, diz que atualmente o setor tem passado por uma insegurança, por parte do produtor, em relação ao mercado. “O Brasil passa por um momento difícil no cenário macroeconômico, por isso a ideia do evento é mostrar o cenário futuro de esperança para o produtor”, diz. Ele destaca ainda, que o produtor precisa investir em tecnologia, utilizando as ferramentas disponíveis no mercado, para que tenha uma rentabilidade favorável em seu negócio.


Segundo Bruno, neste ano o evento será bem maior do que vem sendo feito. “Esta ideia de unir o evento, em uma semana, é justamente para superar nossas expectativas. Para isso, vamos oferecer palestras técnicas sobre o mercado, abordando assuntos sobre inovação tecnológica, para conseguirmos trazer mais conhecimento ao nosso produtor. Então, os dois eventos se complementam”, conclui.